segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Sacramento da Penitência (Exame de Consciência e Confissão) - Planejamento do Encontro

Acolhida: Oração Inicial
Motivação (ver):
- Perguntar aos catequizandos sobre o que aprenderam no último encontro.
- Perguntar se gostaram de ficar com as mãos e pés atados durante a brincadeira. Lembrá-los que o pecado nos deixa “atados” e que Jesus está pronto para nos “desatar” e perdoar.
- Falar com eles que hoje aprenderemos os passos para pedir perdão a Deus e a nos reconciliar com Ele.
Colocação do tema (julgar):

- Falar para os catequizandos que Deus ama a todos os seus filhos e quer muito bem a eles. Por mais que uma pessoa tenha pecado, se ela estiver arrependida, Deus terá misericórdia dela e a perdoará sempre.
- Jesus quando veio até nós, instituiu o sacramento da Penitência “ para todos os membros da sua Igreja, antes de tudo para aqueles que, depois do Batismo, cometeram pecado grave e com isso perderam a graça (estado de graça)” (CIC 1446).
- Jesus quis que todos fossem perdoados e que as pessoas não cometessem mais pecados. Ler a história de Maria Madalena.
- Jesus não maltratava os pecadores e não tinha “nojo” deles, como tinham as pessoas daquela época, principalmente os sacerdotes do templo e os fariseus. Prova disso é que Jesus se sentava com os pecadores, conversava com eles e até almoçava e jantava, como aconteceu com Zaqueu. Ler história de Zaqueu (Lc  19, 1-10)
- Nós como somos muito amados, temos que sempre pedir perdão das nossas faltas mediante a oração, o exemplo de vida e a CONFISSÃO (CIC 1442)
- Mas, como fazer uma boa confissão?
  * Antes de irmos ao Padre realizar a confissão, precisamos seguir 5 etapas:
1 – EXAME DE CONSCIÊNCIA : É um olhar para dentro de nós mesmos, procurando descobrir quais são as nossas falhas. É colocar-se diante do amor de Deus e refletir sobre nossa maneira de viver o amor com Deus e com os outros. É descobrir o que nos divide e impede a vivência da fraternidade. O que nos afastou do amor de Deus e dos irmãos. Jamais esquecer que quando pecamos, ofendemos a Deus, aos irmãos e a nós mesmos.
2 - ARREPENDIMENTO OU CONTRIÇÃO: É um “cair na real”! É quando dizemos para nós mesmos: “que bobeira que eu fiz”.Reconhecer diante de Deus e dos irmãos que pecamos e pedir perdão. Quando nos arrependemos, nós afirmamos que não gostamos do pecado.
3 – PROPÓSITO: É ter disposição sincera de esforçar-se para recomeçar uma vida nova, vivendo em união com Deus e com os irmãos. É prometer a Deus que vamos nos esforçar para viver longe do pecado com a ajuda da graça divina. É também o momento de pensarmos como podemos evitar o pecado daqui pra frente.
4 – CONFISSÃO : Confiante na Bondade e Misericórdia de Deus chega o momento em que contamos os nossos pecados ao representante de Deus e da Igreja; o Sacerdote. O Sacerdote age em nome de Jesus Cristo e concede o perdão por uma oração chamada absolvição. É importante conferir o que Jesus nos diz em Jo 20,23.
5 – SATISFAÇÃO: Dizemos ser a penitência. Após a confissão, vamos ao Sacrário. Rezamos agradecendo a Deus o perdão recebido e pedimos forças para ficar sempre na amizade com Deus e os irmãos. A sugestão do Sacerdote para fazer ou rezar depois da Confissão não é um castigo. É a reparação, isto é, devemos reparar os erros cometidos.

- EXAME DE CONSCIÊNCIA: ler com os catequizandos a folhinha chamada “ Caminho para o Perdão”, que em forma de jogo contém os passos para chegarmos ao perdão de Deus. Cada casa corresponde a uma pergunta para facilitar o nosso exame.. Peçam para que no dia da Confissão, eles levem uma listinha com os pecados de modo a facilitar o andamento da confissão e dificultar o esquecimento, por causa do nervosismo.
- Para entender melhor sobre a Contrição ou arrependimento, catequistas, leiam o Catecismo da Igreja Católica, parágrafos 1451 a 1454.
- Sobre a CONFISSÃO, catequistas, leiam o Catecismo nos parágrafos 1455 a 1458.
- Sobre a SATISFAÇÃO, catequistas, leiam o Catecismo nos parágrafos 1459 a 1460.
* Importante orientar as crianças, que elas farão a Primeira Confissão no dia 19/11 às 08h. Pedi-las para que cheguem com antecedência e vestidas adequadamente.
* Tirar dúvidas das crianças sobre a Confissão, por isso, vocês devem estudar todo o capítulo sobre o Sacramento da Penitência que vai da página 391 a 405. Falem de modo simples e acolhedor e não confundam a cabecinha deles!
 Celebração: Rezar juntos o Ato de Contrição! Entregar a lista de Exame de Consciência para que eles marquem e/ou levem para casa para marcar.
Dinâmica:
OVO - DINÂMICA PARA TRABALHAR SACRAMENTO CONFISSÃO/GRAÇA
Material: um copo, uma colher, sal, um ovo e pires.
Ao falar sobre o pecado, a vida sem Deus, compare a alma que está em pecado com o ovo. Enquanto estiver falando do que acontece à alma que está em pecado, coloque o ovo dentro do copo com água e chame a atenção pelo fato do ovo afundar rapidamente.
Retire com uma colher o ovo de dentro do copo e coloque-o no pires, em um lugar à parte.
Fale sobre a importância do sal nos alimentos, conservando-os e dando-lhes sabor. Compare com a graça de Deus em nossa vida. Enquanto isto coloque o sal na água do copo. Mexa com a colher por uns instantes para que se dissolva, enquanto o sal se dissolve , desaparecendo, faça a comparação com a alma quando vai confessando seus pecados ao Sacerdote e estes vão se consumindo até desaparecerem ao receberem a absolvição dos pecados.
Diga que assim como os alimentos sem sal ficam ruins, sem gosto. Nossa vida em estado de pecado é também ruim, sem graça. Agora coloque o ovo dentro da água salgada (ele irá flutuar) e vá dizendo o que acontece com a alma que se confessou: fica leve, livre de todo o peso que tinha antes de confessar-se.
Diga qual importância de confessarmos os pecados e de vivermos na graça de Deus.

Leia mais:
http://www.comunidadesdeamor.com/products/ovo%20-%20din%C3%A2mica%20para%20trabalhar%20sacramento%20confiss%C3%A3o-gra%C3%A7a/

Fonte: Catecismo da Igreja Católica
Imagem: Leonan Faro - Blog Amiguinhos de Jesus


2 comentários:

  1. Ai que legal usar essa experiencia, amei as comparações! No começo pensei q fosse quebrar o ovo...rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que ótima sugestão de tema. Serve para qualquer fase da catequese porque reforça a remissão e o arrependimento.
    Deus abençoe!

    Até mais.

    grupopcv.blogspot.com

    ResponderExcluir

O material aqui postado é elaborado por mim com material retirado da Internet ou enviado por e-mail . Caso você seja proprietário de alguma imagem, texto ou material e quer retirá-lo ou divulgar seu nome, por favor, entre em contato por e-mail . Terei o maior prazer em divulgar o seu material ou trabalho! e-mail: lay.mbispo@gmail.com Que o amor de Jesus Cristo esteja sempre com vocês!