terça-feira, 30 de agosto de 2011

Dia do Catequista! Dia especial!


Olá amigos!

    Quero dividir com vocês hoje um pouquinho da nossa alegria no dia do catequista. Neste último domingo, nos unimos com mais 3 paróquias vizinhas e organizamos uma rodada de pizzas em homenagem aos catequistas. Foi muito divertido e as pizzas estavam uma delícia! Apesar de que eu tinha que ficar correndo atrás de pizza, porque todo mundo esquecia de me servir! kkkkk
    Agora, vou dar a vocês a oportunidade de me conhecerem! Abaixo está a foto de quase todos os catequistas da minha paróquia, pessoas amadas, que carinhosamente se dedicam por uma catequese melhor a cada dia... Eu sou a pessoinha de blusa vermelha bem no meio!

Que Deus continue a nos abençoar sempre!!!

Abraços fortes,
Layse




segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Josué - A conquista de Jericó (história e imagens)


JOSUÉ e a Conquista de Jericó
Josué 6, 1-27 

História adaptada:


          Os portões da cidade de Jericó estavam muito bem fechados, para não deixar que os israelitas entrassem. Ninguém podia entrar, nem sair da cidade. O SENHOR Deus disse a Josué: — Olhe! Eu estou entregando a você a cidade de Jericó, o seu rei e os seus corajosos soldados. Agora você e os soldados israelitas marcharão em volta da cidade uma vez por dia, durante seis dias. Na frente da arca da aliança, irão sete sacerdotes, cada um levando uma corneta de chifre de carneiro. No sétimo dia você e os seus soldados marcharão sete vezes em volta da cidade, e os sacerdotes tocarão as cornetas. Quando eles derem um toque longo, todo o povo gritará bem alto, e então a muralha da cidade cairá. Aí cada um avançará diretamente para a cidade. Josué chamou os sacerdotes e disse: — Carreguem a arca da aliança, e na frente fiquem sete sacerdotes levando cornetas. E disse ao povo: — Comecem a marchar em volta da cidade! E que os soldados marchem na frente da arca da aliança de Deus, o SENHOR! Aí Josué ordenou que os sacerdotes dessem uma volta ao redor da cidade, carregando a arca da aliança. Depois voltaram ao acampamento e passaram a noite lá. 
          No dia seguinte Josué se levantou de madrugada, e os sacerdotes carregaram a arca. Os sete sacerdotes que levavam as sete cornetas, iam na frente, tocando sem parar. Os soldados iam na frente deles, e um grupo de guardas seguia a arca. As cornetas não paravam de tocar. No segundo dia marcharam de novo uma vez em volta da cidade e voltaram ao acampamento. E fizeram isso durante seis dias. No sétimo dia levantaram-se de madrugada e marcharam em volta da cidade sete vezes no mesmo dia. Foi só nesse dia que deram sete voltas em redor da cidade. Na sétima volta, quando os sacerdotes acabaram de tocar as cornetas, Josué disse ao povo: — Gritem agora! O SENHOR Deus está entregando Jericó a vocês! Então os sacerdotes tocaram as cornetas. Logo que o povo ouviu este som, gritou com toda a força, e a muralha caiu. Aí todos subiram, entraram na cidade e a tomaram. Assim o SENHOR Deus esteve com Josué, e a fama de Josué se espalhou por todo o país.

Fonte: Blog Sementinha Kids







Josué - o novo líder (história e imagens)


JOSUÉ - o novo líder!

Deut. 34 e Josué 3 e 5

História adaptada:
      Moisés morreu aos 120 anos, ele não pôde entrar na terra prometida. Deus não permitiu, porque ele desobedeceu a Deus. Na última vez que Deus mandou Moisés dar água da rocha para o povo, Ele pediu para que falasse com a rocha, e Moisés, já furioso com as murmurações do povo, feriu a rocha, desobedecendo a Deus. E por isso o Senhor disse que ele não entraria em Canaã. Josué, então, tornou-se o novo líder do povo de Israel. Aí o SENHOR disse a Josué: — Por causa daquilo que vou fazer hoje, todo o povo de Israel vai saber que você é um grande homem. Eles saberão que, assim como estive com Moisés, também estarei com você. Dias depois os israelitas se prepararam para partir. Os sacerdotes iam à frente, levando a arca da aliança. 
      Quando chegaram ao Jordão e puseram os pés dentro da água, ela parou de correr e ficou amontoada na parte de cima do rio. Na parte de baixo, o rio secou completamente até o mar Morto. Então o povo passou para o outro lado, perto de Jericó. Enquanto os israelitas atravessavam, pisando terra seca, os sacerdotes que levavam a arca ficaram parados no seco, no meio do rio Jordão. Quando todo o povo de Israel acabou de atravessar o rio Jordão, o SENHOR disse a Josué: Escolha doze homens, um de cada tribo, e dê esta ordem: Peguem doze pedras do meio do rio Jordão, do lugar onde os sacerdotes ficaram parados. Levem essas pedras e coloquem onde acamparem hoje à noite.
      Então Josué chamou os doze homens que havia escolhido e disse: Passem adiante da arca da aliança do SENHOR, o Deus de vocês, e sigam até o meio do Jordão. Cada um ponha no ombro uma pedra, uma para cada tribo de Israel. Essas pedras ajudarão o povo a lembrar daquilo que o SENHOR tem feito. No futuro, quando os seus filhos perguntarem o que essas pedras querem dizer, vocês contarão que as águas do Jordão pararam de correr no dia em que a arca da aliança atravessou o rio. Essas pedras farão com que o povo de Israel lembre sempre desse dia. Os homens fizeram o que Josué mandou. Josué também pôs doze pedras no meio do Jordão, no lugar onde os sacerdotes que carregavam a arca haviam parado. Essas pedras ainda estão lá. Naquele dia o SENHOR fez com que o povo de Israel ficasse sabendo que Josué era um grande homem. E, durante a vida de Josué, eles o respeitaram assim como haviam respeitado a Moisés.  







domingo, 28 de agosto de 2011

Parabéns Catequistas!!!

Bom dia amados amigos Catequistas!

   Hoje é um dia muito especial! É o dia do comunicador, do semeador da palavra de Deus... O significado da palavra "catequese", vem de "cater" que significa ressoar... O catequista é um instrumento que faz ressoar a palavra de Deus e o testemunho cristão. Olha que coisa mais bela!

   Sei que ser catequista no mundo de hoje não é algo fácil, na verdade, nunca foi fácil... Ao ler a Bíblia vemos as dificuldades que os apóstolos tinham para evangelizar depois da Ressurreição de Jesus. Mas algo neles nunca os fazia desistir... e o que será? Era o amor... o amor pela palavra, pela evangelização... E esse amor vem do Espírito Santo!

   Amados, como comemoração pelo nosso dia, entrego a vocês esse dado do Catequista. Ele contém a oração do Pai-Nosso meditada ao catequista. É um presentinho montado com muito amor!!


FELIZ DIA DO CATEQUISTA!!!



quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Lista atualizada dos Catequistas Unidos!



Olá Pessoal!!!

    Estou postando a listagem atualizada do Grupo de Catequistas Unidos!

Que Deus nos ajude a permanecer sempre na fé! 




LISTA ATUALIZADA DOS CATEQUISTAS UNIDOS!

24/08/2011












































terça-feira, 23 de agosto de 2011

Juízes - Planejamento do Encontro

Acolhida: Colocar na mesa de cada criança um bilhete com um versículo iluminador do encontro.

Sugestões:

- “Deus escolheu aquilo que o mundo acha fraco, para envergonhar os poderosos”. (1 Co 1:27)
- “Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque eu, o SENHOR, seu Deus, estarei  com você em qualquer lugar para onde você for!” Josué 1:9
 - “Porque para Deus nada é impossível.” Lucas 1:37
- “O Senhor é a minha força, a quem temerei ?” Salmo 27:1


Motivação (ver):


- Perguntar aos catequizandos:
  Vocês sabem o que é um líder? Ou um herói?
  Vocês conhecem a história de algum líder ou herói?


- Hoje vamos contar a história de 4 heróis.
- Dividir a turma em quatro grupos, a cada um entregar uma história de um Juiz: Josué, Débora, Gideão e Sansão. Levar figuras correspondentes a cada uma das histórias e pedir que os catequizandos as coloque em ordem, conforme a história. Eles podem colar as figuras em cartolinas ou papel pardo (postarei as historinhas adaptadas nas próximas entradas).


Josué: Deut. 34 e Josué 3 e 5
     
Débora: Juízes 4

Gideão: Juízes 6 a 8

Sansão: Juízes 15,20 a 16,31




Colocação do Tema (julgar):


- Depois que o povo de Israel recebeu os 10 mandamentos, se tornou mais forte e conseguiu, como Moisés lhe tinha prometido, chegaram a Terra Prometida.


- Como Moisés havia desobedecido à Deus ferindo uma pedra, ao invés de conversar com ela, Deus falou que Moisés não entraria na Terra Prometida.


- Então Josué foi o escolhido para guiar o povo na Terra Prometida.


- Nesta terra, eles começaram a viver com os outros povos que já viviam ali antes da chegada deles. Às vezes, eles eram mais fortes e poderosos do que o povo de Israel. Por causa da convivência, começaram a se afastar de Deus e a se comportar mal, aprendendo os costumes ruins dos outros povos e se esquecendo dos 10 mandamentos e da aliança. Por causa disso, Deus abandonou o povo, que começou a sofrer com os povos vizinhos.


- Para ajudar os israelitas a saírem dessa situação, Deus escolhe um líder, um JUIZ, para ajudar o povo a -voltar para Deus e libertar-se.


- Os juízes eram líderes populares, animados por Deus, com muita fé e coragem, conseguiram realizar a libertação desejada por seu povo.



Ciclo da época dos juízes:

1- O povo se esquece de deus e peca
2- Deus manda um opressor como castigo
3- O povo chora e se arrepende
4- Deus suscita um juiz
5- O juiz ajuda o povo
6- Paz até a morte do juiz

- Houveram 14 juízes: Josué, Otoniel, Eúde, Sangar, Débora, Gideão, Abimeleque, Tola, Jair, Jefté, Ilsa, Elom, Abdom e Sansão.

- É importante ressaltar que Deus escolhia sempre os mais fracos e marginalizados da sociedade. Exemplo:

* Otoniel: era o caçula (naquela época o caçula não possuía os mesmos direitos do irmão primogênito)
* Aod: era canhoto ( também naquela época acreditava-se que ser canhoto era uma deficiência física)
* Débora: mulher ( pelos padrões da época a mulher era marginalizada)
* Gideão: desconfiado, medroso, pertencente ao clã mais pobre e também o caçula.
* Jefté: filho de uma prostituta
* Sansão: forte nos músculos, mas, fraco no coração.

Agir transformador:

- Mostrá-los que os juízes não eram os mais fortes, mas, que Deus os capacitou para serem fortes e cumprir a missão.
- Falar que todos nós podemos ser juízes e fazer a diferença na nossa sociedade.

Atividade: tarefinha

Oração final: Salmo 27




Mandamentos da Igreja - Texto e Tarefa

Boa Tarde amados de Deus,

     Nesta postagem compartilho com vocês o texto e a tarefinha para o encontro sobre os Mandamentos da Igreja... Espero que gostem...

Um forte abraço,
Layse






quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Mandamentos da Igreja - Planejamento do Encontro


Oração Inicial: Oração pelas Vocações (link para a oração já pronta)

Motivação (ver):

- A Igreja somos todos nós e temos um compromisso para com os nossos irmãos, vivendo a Boa Nova de Jesus.
- Perguntar aos catequizandos quem faz parte da Igreja? Responder: o Papa, os Bispos, padres, ministros, a comunidade ...
- Lembrá-los que a Igreja é o povo, é comunidade viva, é viver em comunhão.
- Só que para a comunhão acontecer mais facilmente e permitir a participação dos fiéis de modo organizado, além dos 10 mandamentos da Lei de Deus, existem também os Mandamentos da Igreja.

Colocação do tema (julgar):

- Explicar os 5 mandamentos da Igreja:

1) Participar da Missa aos Domingos e Festas de Guarda.
2) Confessar-se ao menos 1 vez ao ano.
3) Receber o sacramento da Eucaristia pelo menos na Páscoa.
4) Abster-se de comer carne e observar o jejum nos dias estabelecidos pela Igreja.
     - Jejum: 4ª de Cinzas/ 6ª feira Santa
     - Carne: Sextas feiras da Quaresma

5) Recolher o dízimo, em 2005 o Papa Bento XVI modificou este mandamento para: Recolher uma contribuição para atender as necessidades materiais da Igreja.


     "De modo que para a salvação do povo de Deus, a Igreja estabeleceu cinco obrigações que todo católico tem de cumprir, conforme ensina o Catecismo da Igreja Católica (CIC). Este ensina: "Os mandamentos da Igreja situam-se nesta linha de uma vida moral ligada à vida litúrgica e que dela se alimenta. O caráter obrigatório dessas leis positivas promulgadas pelas autoridades pastorais tem como fim garantir aos fiéis o mínimo indispensável no espírito de oração e no esforço moral, no crescimento do amor de Deus e do próximo." (§2041)
    Note que o Catecismo diz que isso é o "mínimo indispensável" para o crescimento na vida espiritual dos fiéis. Podemos e devemos fazer muito mais, pois isso é apenas o mínimo obrigado pela Igreja. Ela sabe que, como Mãe, tem filhos de todos os tipos e condições, portanto, fixa, sabiamente, apenas o mínimo necessário, deixando que cada um, conforme a sua realidade, faça mais. E devemos fazer mais.
1º – Primeiro mandamento da Igreja: "Participar da missa inteira nos domingos e outras festas de guarda e abster-se de ocupações de trabalho".
     Ordena aos fiéis que santifiquem o dia em que se comemora a ressurreição do Senhor, e as festas litúrgicas em honra dos mistérios do Senhor, da santíssima Virgem Maria e dos santos, em primeiro lugar participando da celebração eucarística, em que se reúne a comunidade cristã, e se abstendo de trabalhos e negócios que possam impedir tal santificação desses dias (Código de Direito Canônico-CDC , cân. 1246-1248) (§2042).
    Os Dias Santos – com obrigação de participar da missa, são esses, conforme o Catecismo: “Devem ser guardados [além dos domingos] o dia do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo, da Epifania (domingo no Brasil), da Ascensão (domingo) e do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo (Corpus Christi), de Santa Maria, Mãe de Deus (1º de janeiro), de sua Imaculada Conceição (8 de dezembro) e Assunção (domingo), de São José (19 de março), dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo (domingo), e por fim, de Todos os Santos (domingo)” (CDC, cân. 1246,1; n. 2043 após nota 252) (§2177).
2º - Segundo mandamento: "Confessar-se ao menos uma vez por ano".
    Assegura a preparação para a Eucaristia pela recepção do Sacramento da Reconciliação, que continua a obra de conversão e perdão do Batismo (CDC, cân. 989). É claro que é pouco se confessar uma vez ao ano, seria bom que cada um se confessasse ao menos uma vez por mês, pois fica mais fácil de se recordar dos pecados e de ter a graça para vencê-los.
3º - Terceiro mandamento: "Receber o sacramento da Eucaristia ao menos pela Páscoa da ressurreição" (O período pascal vai da Páscoa até festa da Ascenção) e garante um mínimo na recepção do Corpo e do Sangue do Senhor em ligação com as festas pascais, origem e centro da Liturgia cristã (CDC, cân. 920).
    Também é muito pouco comungar ao menos uma vez ao ano. A Igreja recomenda (não obriga) a comunhão diária.
4º - Quarto mandamento: "Jejuar e abster-se de carne, conforme manda a Santa Mãe Igreja" (No Brasil isso deve ser feito na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira Santa). Este jejum consiste em um leve café da manhã, um almoço leve e um lanche também leve à tarde, sem mais nada no meio do dia, nem o cafezinho. Quem desejar, pode fazer um jejum mais rigoroso; o obrigatório é o mínimo. Os que já tem mais de sessenta anos estão dispensados da obrigatoriedade, mas podem fazê-lo se desejarem.
    Diz o Catecismo que o jejum "Determina os tempos de ascese e penitência que nos preparam para as festas litúrgicas; contribuem para nos fazer adquirir o domínio sobre nossos instintos e a liberdade de coração (CDC, cân. 882)".
5º - Quinto mandamento: "Ajudar a Igreja em suas necessidades"
     Recorda aos fiéis que devem ir ao encontro das necessidades materiais da Igreja, cada um conforme as próprias possibilidades (CDC, cân. 222). Não é obrigatório que o dízimo seja de 10% do salário, nem o Catecismo nem o Código de Direito Canônico obrigam esta porcentagem, mas é bom e bonito se assim o for. O importante é, como disse São Paulo, dar com alegria, pois “Deus ama aquele que dá com alegria” (cf. 2Cor 9, 7). Esta ajuda às necessidades da Igreja pode ser dada uma parte na paróquia e em outras obras da Igreja.
Nota: Conforme preceitua o Código de Direito Canônico, as Conferências Episcopais de cada país podem estabelecer outros preceitos eclesiásticos para o seu território (CDC, cân. 455) (§2043).
Demos graças a Deus pela Santa Mãe Igreja que nos guia. O Papa Paulo VI disse que "quem não ama a Igreja não ama Jesus Cristo".

Prof. Felipe Aquino. Retirado do link: http://cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?e=4511


Atividade: Elaboração do livrinho dos Mandamentos da Igreja ( próxima postagem) e tarefinha de fixação.

Celebração: Fazer um compromisso de cada um com os Mandamentos da Igreja

Oração Final: Pai-Nosso



terça-feira, 16 de agosto de 2011

Tempos Litúrgicos - Texto e Tarefa

Olá Pessoal,

   Segue o texto motivacional e a tarefinha para o encontro sobre os Tempos Litúrgicos...

Um abração,
Layse




Casulas com as cores dos tempos litúrgicos

Olá Pessoal!

   Para ajudar na visualização do tempos litúrgicos pelos catequizandos. Encontrei esta ideia na internet e aperfeiçoei com o que tinha em casa. Montei as casulas utilizadas pelos sacerdotes durante as Missas e fiz um "manequim" de palito de picolé para que ficassem esticadinhas...

Espero que gostem! Me ajuda bastante!! E ainda pode ser utilizada na sala de catequese durante todo o ano, mostrando aos catequizandos em que tempo litúrgico estamos...

Um abração,

Layse







segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Envieiii! Certificado do Curso de Férias!

Boa Noite Pessoal!

   Hoje enviei os certificados e o presentinho dos amigos participantes do I Curso de Férias do Catequese Kids!!!
   Peço somente que me avisem quando chegar ok?
     
Espero que gostem!!

Um abração,

Layse




quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Tempos Litúrgicos - Planejamento do encontro

Acolhida: Oração pelas Vocações

Motivação (ver):

- Perguntar aos catequizandos o que é o ano? O que são os meses?
- Depois de um rápido debate, explicá-los que são estruturas criadas pelo ser humano, a fim de ajudar na oraganização do tempo, para podermos realizar as nossas tarefas.
- Falar que o ano civil tem 365 dias e 12 meses. Possui feriados, férias e festas.

- Perguntá-los se conhecem o ano da Igreja. E se o ano civil e o ano da Igreja são os mesmos?
- O ano da Igreja se chama Ano Litúrgico e nós vamos conhcê-lo agora.

Colocação do Tema (julgar):

- O Ano Litúrgico é diferente do ano civil. Este começa em 1 de janeiro e termina em 31 de dezembro. O ano litúrgico começa no último domingo de novembro, com o início do tempo do Advento e termina no 3º domingo de novembro com a Festa do Cristo Rei.

- O Ano Litúrgico tem como objetivo celebrar e atualizar todos os atos de Jesus em sua missão salvadora. Celebramos sua encarnação, nascimento, infância, adoslencência, juventude, evangelização, milagres até chegar na paixão, morte e ressurreição e glorificação.

- Falar que ano litúrgico faz parte de um ciclo, com três anos: Ano A, Ano B e Ano C.
   
    Ano A: predomina a leitura do Evangelho de São Mateus
    Ano B: predomina a leitura do Evangelho de São Marcos
    Ano C: predomina a leitura do Evangelho de São Lucas

- Falar sobre os tempos dentro do Ano Litúrgico. Para isso, sugiro a montagem de um grande circulo e dividí-lo em partes conforme o ano litúrgico e ir montando no centro da sala ou na parede, conforme a explicação de cada tempo.


Advento: Significa a vinda, o tempo de espera, chegada. É o tempo que esperamos a chegada do Salvador- Jesus. Celebramos a sua encarnação, nascimento e sua presença no meio de nós.

Quaresma: Tempo de reflexão, penitência e arrependimento, conversão e comunhão entre os irmão. Lembrando os 40 dias de Jesus no deserto e os 40 anos do povo de Israel no deserto.

Tríduo Pascal: São os três dias mais importantes de nossa vida cristã, em que celebramos a paixão, morte e Ressurreição de Jesus. Sua vitória sobre a morte e o poder das trevas.

Tempo Comum: É o maior período do ano litúrgico. Onde celebramos a vida de Jesus no seu dia-a-dia, seus ensinamentos, milagres, orações e atitudes junto ao povo que recebia suas graças.

- Explicar as cores litúrgicas através das Cores dos paramentos.

BRANCO: Simboliza a vitória, a paz, a alma pura e a alegria. É utilizado na Páscoa, no Natal, nas Festas do Senhor (exceto Paixão), de Nossa Senhora e dos Santo não-mártires. As cores prateada e dourada podem substituir o branco nos dias festivos. E a cor azul também pode ser usada nas Festas e Solenidades de Nossa Senhora.

VERMELHO: Simboliza o fogo do Amor, da caridade ou do martírio. Lembrando o Espírito Santo, é a cor de Pentecostes. Lembrando o sangue é cor usada na festa dos Santos Mártires, no Domingo da Paixão (Domingo de Ramos) e na Sexta-feira Santa.

VERDE: Simboliza a esperança. Utilizado no tempo comuns e nos dias da semana.

ROXO: Simboliza a penitência, contrição e serenidade. Usado no Advento e na Quaresma, pode também ser utilizado na Confissão e nas Missas pelos Mortos. 

PRETO: Simboliza tristeza, dor e luto. Significa o choro da Igreja diante da morte de Nosso Senhor Jesus Cristo e de seus fiéis. Pode ser utilizado na Missa pelos Mortos, nas quais utilizam-se também o roxo e o branco, para dar ênfase não à dor, mas, à Ressurreição. 

ROSA: Simboliza a alegria dentro de um tempo reservado à penitência. Pode ser utilizado no 3º domingo do Advento (Gaudete) e no 4º domingo do Advento (Laetare).


Atividades: Tarefinha

Oração Final: Livre

PRÓXIMO ENCONTRO, REUNIÃO COM OS PAIS: 20/08 às 10h.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Vocações - Texto e Tarefa

Olá povo de Deus!!!

     Esse texto e essas atividades serão utilizadas em nossa etapa no encontro sobre as Vocações.

  Um abração,
  Layse



Esta tarefinha foi extraída do blog Catequese na net, da nossa amiga Cláudia. É uma atividade riquíssima! E imaginem, lá tem muito mais coisas lindas! Vamos conferir?


Oração pelas Vocações

Pessoal, segue um modelo de Oração pelas Vocações, que será utilizado em nossa etapa de Catequese. Aproveitei para ilustrar a oração com um lindo desenho do nosso colega Leonan Faro, do blog Amiguinho de Jesus.

Um abração!!!
Layse




VOCAÇÕES - Planejamento do Encontro


Acolhida: acolher os catequizandos de modo bem alegre, e fazer um bate-papo rápido sobre as férias. Oração Inicial livre.

Motivação (ver):
- Recortar vários "pés" e fazer um caminho até um cartaz como uma interrogação.
- Perguntar às crianças, o que elas acham que isto representa.
- Perguntá-los o que pensam quando ouvem a palavra VOCAÇÃO.
- Depois, o catequista apresenta uma caixa e explica que Jesus pediu uma missão muito especial (saber sobre as vocações) e que enviou nesta caixa tudo o que temos que falar no encontro (colocar dentro da caixa figuras, objetos ou textos que ilustrem as diferente vocações).
- Contar a historinha da Vocação de Pierre. Você pode encontrá-la no blog da Cris, o Jardim da Fé, através deste link: http://jardimdafe.blogspot.com/2011/07/vocacao-de-pierre.html

Colocação do tema (julgar):
Leitura Bíblica: 1 Cor 12,4-11 e Jo 15, 1-8

- Falar que a vocação é um chamado que Deus faz a todos nós. Explicar os tipos de vocações:
  * Vocação à vida
  * Vocação sacerdotal
  * Vocação cristã
  * Vocação laical
  * Vocação à vida consagrada

- Perguntá-los se conhecem exemplos de vocacionados.
- Falar que a vocação não é um sentimento, não é escolhida e não é o desempenho de uma profissão; e não, também, uma predestinação.
- A vocação é uma resposta às perguntas: o que vou fazer da minha vida? A quem vou entregá-la?
- É uma decisão livre e corajosa, que envolve a totalidade da pessoa.
 
Envio abaixo uma sugestão de como trabalhar o encontro sobre Vocações:

 1 - Falar da vocação como um chamado e relacionar esse chamado com vários personagens bíblicos Abraão, Moisés, os profetas, João Batista ...

2 - Vocação é o encontro de duas liberdades: a de Deus que chama e ao Homem que responde.
3-  Falar dos tipos de vocação e salientar que a vocação natural do ser humano é a da santidade.
4-  A vocação é um caminho de felicidade diferente para cada um.
5-  Incentivar a participação das crianças perguntando se eles já pensaram em qual vocação poderia ser a deles, qual os atrai mais.
6-  Fazer um nexo entre vocação sacerdotal e o Dia do Padre que é celebrado no dia 4 de agosto. A vocação matrimonial e familiar com o Dia dos Pais . E a vocação laical com o dia do Catequista que será no fim do mês.
7-  Fazer a distinção entre Vocação e Profissão:
      
       Precisamos distinguir bem vocação de profissão, pois não são exatamente a mesma coisa. Veja o quadro abaixo e observe a distinção entre uma e outra:

Profissão

1 . aptidão ou escolha pessoal para exercer um trabalho
2. preocupação principal: o "ter", o sustento da vida
3. pode ser trocada
4. é exercida em determinadas horas
5. tem remuneração
6. tem aposentadoria
7. quando não é exercida, falta o necessário para viver
8. na profissão eu faço 

Vocação

1. chamado de Deus para uma missão, que se origina na pessoa como reação-aspiração do ser
2. preocupação exclusiva: "o ser" , o amor e o serviço
3. é para sempre
4. é vivida 24 horas por dia
5. não tem remuneração ou salário
6. não tem aposentadoria
7. vive da providência divina
8. na vocação eu vivo

    A profissão dignifica a pessoa quando é exercida com amor, espírito de serviço e responsabilidade. A vocação vivida na fidelidade e na alegria confere ao exercício da profissão uma beleza particular, é o caminho de santidade.
Ação (agir transformador):
- Perguntar aos catequizandos: Qual a razão da diversidade de vocações na Igreja? Vocês já pensaram em seguir alguma vocação?

Celebração: Dinâmica ( à escolha de vocês)

Oração Final e oração do mês: Oração das Vocações

 

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Participantes do Curso de Férias - AVISO


Olá Pessoal! Quero dar um aviso aos participantes do I Curso de Férias do Catequese Kids e me desculpar!

Ainda não pude enviar o certificado de vocês pelos Correios, me desculpem a demora. O que aconteceu é que eu encomendei um presente bem legal para vocês, porém, a encomenda atrasou! Acredito que amanhã ela está chegando... como os Correios é bem demorado, principalmente com as encomendas grandes, quero pedir minhas sinceras desculpas...


Mas acho q vocês não vão se arrepender de esperar um tikim...

Obrigada a todos mais uma vez!!!

Beijos,
Layse

PROMOÇÃO E SORTEIO no Catequese Caminhando!

Nossas colegas Clécia e Sandra estão fazendo um sorteio em homenagem ao mês vocacional e a nós CATEQUISTAS!

No último domingo de agosto, elas vão sortear esses presentinhos lindos:




  Para participar é fácil... Basta acessar o link: http://catequesecaminhando.blogspot.com/2011/08/sorteios-no-dia-do-catequista.html e ler as regrinhas de participação.


Vamos participar? Eu não quero ficar de fora!!!!!!

Beijos,
Layse

Mais uma promoção!!! blog Catequese na net!

Olha que coisa boa gente! Essa eu tb não quero perder... A Cláudia do Catequese na net sorteará em homenagem ao dia do Catequista, um livro muito legal, que na verdade é para presentear o seu catequizando!

É só acessar este link: http://catequesenanet.blogspot.com/2011/08/catequese-em-promocao.html . E deixar um comentário até o dia 19 de agosto, completando a frase: Eu me encanto com Jesus quando...

O resultado sai no dia 20 de agosto. VAMOS PARTICIPAR?


PROMOÇÃO do Mês das Vocações - blog Catequista, semeando amor

Gente, amoooo ouvir a palavra PROMOÇÃO!!! Obaaaaaaa...

O melhor de tudo é que esse mês está cheio de promoções. Esta é a do blog da Lucyanna Rodrigues, minha conterrânea, o Catequista, semeando amor.
  
Ela estará sorteando três livros e uma revista! Corre lá! É só clicar no link abaixo, olhar as regras e concorrer!


Beijos,

Layse

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Os Mandamentos da Lei de Deus (7º ao 10º) - Texto e tarefa

Olá novamente meus amigos catequistas!

    Aqui vai o texto e a tarefinha referente ao encontro sobre os Mandamentos da Lei de Deus do 7º ao 10º!

Um abraço apertado!
Layse





Mandamentos da Lei de Deus ( 4º ao 6º) - Texto e Tarefa

Olá pessoas amadas por Deus!

      Estou postando a tarefinha e o texto para o encontro sobre os Mandamentos da Lei de Deus, do 4º ao 6º mandamento. Espero que gostem!

Um abraço apertado,

 Layse