sexta-feira, 13 de maio de 2011

Foco de indisciplina na catequese - O jeito do catequista

     
          É outra questão essencial. Cada catequista tem o seu jeito. Isso é óbvio. Mas há questões que podem ser melhoradas. Principalmente, duas coisas são necessárias: o catequista precisa mostrar segurança e simpatia. Mas não pode ser meloso, nem violento. Deve ter a voz forte, mas sem gritar o tempo todo. Se surgir algum problema, deve saber tomar decisões, sem perder o bom humor e sem se sentir culpado. Deve também estar atento para perceber tudo o que acontece na turma. Se surgir algum problema, interromper o encontro e só prosseguir depois do problema resolvido. O catequista que continua falando no meio da algazarra acaba passando por palhaço diante da turma. Isso faz com que a turma perca o respeito. Outra coisa importante: tratar todos de forma igualitária, sem “mimar” ninguém. Às vezes, o catequista trata com certos mimos justamente a criança indisciplinada. Aí ela fica definitivamente perdida. Ser simpático não é mimar a turma. É ser sobretudo atencioso e amiga, sem deixar de ser firme.


*O segundo tema da semana de formação do Catequese Kids, é sobre indisciplina na catequese. Ele foi retirado do livro "Elementos de Didática na Catequese" da autora Solange Maria do Carmo, editora Paulus. Para quem quiser adquirir: http://www.paulus.com.br/elementos-de-didatica-na-catequese_p_1853.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O material aqui postado é elaborado por mim com material retirado da Internet ou enviado por e-mail . Caso você seja proprietário de alguma imagem, texto ou material e quer retirá-lo ou divulgar seu nome, por favor, entre em contato por e-mail . Terei o maior prazer em divulgar o seu material ou trabalho! e-mail: lay.mbispo@gmail.com Que o amor de Jesus Cristo esteja sempre com vocês!