terça-feira, 10 de maio de 2011

A arte de conduzir orações - Métodos e formas de oração - Oração a uma só voz

           É aquela oração em que todos rezam juntos ao mesmo tempo e de modo espontâneo. Esse tipo de oração, por ser ao mesmo tempo conjunta e espontânea, apresenta certas vantagens. A pessoa, ao rezar, sabe que está se dirigindo unicamente a Deus e não aos seus colegas. Sabe, mais ainda, que os colegas não estarão preocupados em ouvir a prece dos outros, pois também estarão rezando. Isso dá mais liberdade. Quando alguém faz uma prece espontânes certamente ficará preocupado em formular bem as frases. Então vem o medo de errar, a ansiedade de soltar a voz sozinho no meio dos demais.
Entranto, nem sempre todos terão facilidade com esse tipo de oração, até mesmo por não ter o costume. Há o risco de achar engraçado esse jeito de rezar e não se soltar. Muitas pessoas associam esse modo de rezar com formas usadas pela Renovação Carismática. Mas, se for possível superar os preconceitos, poderá haver grande proveito para todos. Vejamos algumas dicas:

a) O catequista deve explicar à turma por que se reza assim, frisando que é bom rezar desse modo, dirigindo-se somente a Deus, sem se preocupar se o outro está ouvindo, pois ele também estará rezando.

b) Deve incentivar também cada um a se soltar livremente para conversar com Deus, dizendo a ele o que sente no coração, já que só ele está ouvindo a oração.

c) Deve ainda motivar a oração, fornecendo o tema sobre o qual se vai rezar: se é pedindo a Deus alguma coisa, se é agradecendo, se é fazendo uma entrega etc.

d) É bom ainda combinar um gesto: erguer os braços, pôr a mão no coração, fechar os olhos... O gesto ajuda a concentrar  a se soltar. Ele coloca o corpo em posição de oração.

e) Enfim, o catequista deve rezar com segurança, mesmo que o que se mantiverem em silêncio. No começo, o catequista rezará sozinho, por muitras vezes. Aos poucos, um ou outro criará coragem de soltar algumas palavras. O catequista não deve querer forçar a que se reze desse modo. Ele fará as motivações e rezará. Com o tempo, todos imitarão.

f) Esse tipo de oração pode ser usado como proveito após uma música, após fazer preces espontâneas ou após boa motivação. É preciso criar o clima.



*O primeiro tema da semana de formação do Catequese Kids, é sobre a arte de se conduzir orações. Ele foi retirado do livro "Elementos de Didática na Catequese" da autora Solange Maria do Carmo, editora Paulus. Para quem quiser adquirir: http://www.paulus.com.br/elementos-de-didatica-na-catequese_p_1853.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O material aqui postado é elaborado por mim com material retirado da Internet ou enviado por e-mail . Caso você seja proprietário de alguma imagem, texto ou material e quer retirá-lo ou divulgar seu nome, por favor, entre em contato por e-mail . Terei o maior prazer em divulgar o seu material ou trabalho! e-mail: lay.mbispo@gmail.com Que o amor de Jesus Cristo esteja sempre com vocês!